ENVIE SUA SUGESTÃO

Quer ver a análise de algum produto? Envie uma sugestão!


 

SEJA UM COLABORADOR

Se você tem interesse em ser nosso colaborador e escrever para o Testado Aqui, entre em contato conosco agora.


Razer-Sabertooth-(40)
Testado Aqui

 

1

Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook

 

 

 

Conhecida por seus produtos de alta performance para games, como mouses, headsets e teclados, a Razer também desenvolve Joysticks. O primeiro deles, nomeado como Onza, prometia substituir o controle padrão do videogame da Microsoft, o Xbox 360, oferecendo botões mecânicos, controles analógicos com sensibilidade ajustável e botões extras onde as funcionalidades podiam ser ajustadas pelo jogador.

Levando em consideração o feedback dos gamers sobre suas funcionalidades, desempenho e ergonomia, a empresa desenvolveu um novo controle luxuoso que promete ser a opção definitiva para jogadores mais competitivos.

Tivemos a oportunidade de testá-lo durante duas semana e você confere agora nossas impressões sobre o Joystick Razer Sabertooth Elite e descobre o que ele tem a oferecer em relação ao controle padrão desenvolvido pela Microsoft, que serviu como inspiração para a Razer. Após a leitura de nossa análise, aproveite para registrar sua opinião sobre o produto em nossa seção de comentários.

 

Especificações Técnicas

  • 2 botões multifuncionais nas laterais superiores (MFB)
  • 4 botões multifuncionais removíveis (MFT)
  • 4 botões Hyperesponse (de resposta rápida) retroiluminados
  • Tela OLED para personalização de recursos
  • Superfície de borracha antideslizante
  • Conector USB de conexão rápida
  • Cabo leve, de fibra trançado, com 3 m
  • Bolsa de transporte
  • Entrada para headset (2,5 mm)
  • Dimensões aproximadas: 110 mm / 4.33” (comprimento) x 154 mm / 6.06” (largura) x 57 mm / 2.24” (altura)
  • Peso aproximado: 288 g / 0.63 lbs

 

Design, material e acabamento

Definitivamente, podemos considerar o Razer Sabertooth como um controle Premium. Desde a caixa até o produto final, todos os itens foram caprichados e pensados com extrema riqueza de detalhes e com foco na ergonomia. Acomodado em uma case muito bem organizada, o produto torna-se ideal para os gamers que vivem se deslocando, seja para jogar casualmente com os amigos nos finais de semana, ou para quem disputa torneios e campeonatos. Pode até parecer estranho alguém querer levar o acessório em uma case, mas acreditem: faz toda a diferença, pois tudo fica devidamente organizado por possuir compartimentos nos quais você pode armazenar o cabo destacável e os demais itens que acompanham o acessório. Controle de um lado, cabos do outro. Desta forma, não há desculpa para chegar ao local do jogo com um emaranhado de cabos enrolados no corpo do controle.

 
Razer-Sabertooth-1

O Razer Sabertooth mantém sua identidade visual do design presente em todos os produtos da empresa e embora o visual geral do dispositivo lembre bastante o design do controle padrão do Xbox 360, há algumas diferenças notáveis. Ele possui botões com iluminação, ao contrário do controle padrão da Microsoft que é apenas translúcido (caso o usuário queira um visual mais “clássico”, poderá desligar tudo isso nos botões de configurações localizados na base do controle); uma pequena tela LCD para visualizar as opções de configurações localizado na base e alguns botões extras também fazem parte do conjunto. Além disso, foi remodelado seu desenho que teve uma leve alteração nas curvas tornando-o mais confortável.

 
Razer-Sabertooth-2

Revestido com um material mais emborrachado em preto fosco em todo seu corpo que torna o seu agarre mais firme e agradável, o acessório apresenta uma qualidade surpreendente; sua aparência elegante retrata também a identidade da marca. Seus botões de ação e os gatilhos traseiros são em plástico mais duro e resistente e, para uma melhor aderência, os botões direcionais analógicos possuem uma textura rugosa em sua superfície.

 
Razer-Sabertooth-3

A Razer pensou também no cabo e o fez mais resistente para evitar as quebras quando o fio for enrolado ou dobrado. Além do cabo ser de fibra trançada, ele possui 3 metros de comprimento, o que facilita muito para jogar com seus amigos enquanto o videogame ou computador estiver longe, assim você pode ficar tranquilamente sentado no sofá enquanto joga.

 
Razer-Sabertooth-4

Portanto no quesito acabamento, fica evidente todo o cuidado que a marca deu para os mínimos detalhes ao criar um produto de alta performance de categoria premium, voltado para os jogadores que buscam um melhor desempenho em jogos.

 

Conforto

O design do Razer Sabertooth foi projetado para aumentar a velocidade de atuação, reduzir o cansaço e melhorar o posicionamento natural das mãos durante os jogos, dando maior precisão e conforto aos gamers durante longas maratonas e permitindo que jogadores de Xbox 360 alcancem um nível de competição superior. Ele é um controle bem leve, até mais que o controle original do XBOX 360, o que ajuda no conforto para partidas mais prolongadas. Também é preciso levar em consideração que, pelo fato de não contar com o compartimento de pilhas (ou bateria removível) na parte traseira, a área onde os dedos ficam apoiados é maior, o que ajuda ainda mais na ergonomia do controle.

 
Razer-Sabertooth-5

Além de uma ergonomia muito bem planejada, o acessório possui muitos fatores que tornam seu uso muito confortável, a começar por seu revestimento emborrachado que mesmo em tempos de calor o material não fica escorregadio na mão mesmo para quem transpira com maior facilidade, e acredite: isto é mais natural do que se possa imaginar.

 
Razer-Sabertooth-6

Um segundo fator que proporciona muita praticidade é o cabo de 3 metros que permite você jogar longe do aparelho de videogame ou computador, embora se acaso fosse sem fio o conforto seria ainda maior. A facilidade de conectar o cabo ao controle com um conector de metal rosqueável é evidente quando você aproxima o cabo próximo ao controle e nota uma marcação que auxilia o encaixe rápido e certo. Com isto ele fica bem fixo e mais seguro para evitar quebras no fio.

 
Razer-Sabertooth-7

E por último e não menos importante, os botões super silenciosos e de alta precisão deixam o Sabertooth um controle muito confortável de usar mesmo que por longas horas de jogatina.

 

Funcionalidade

Uma das principais diferenças que o Sabertooth traz em relação a seu antecessor (Onza) ocorre em seus direcionais digitais, que passam a atuar de forma individual e aparecem de maneira mais espaçada. A vantagem disso é um controle que se adapta melhor em jogos de luta, gênero que costuma apresentar algumas dificuldades com joysticks convencionais.

 
Razer-Sabertooth-8

Apesar de manter os botões mecânicos vistos no Onza, que garantem uma resposta mais rápida a comandos feitos durante um jogo, o acessório abandona as pequenas rodas que permitiam ajustar a sensibilidade dos direcionais analógicos. Agora esse processo é feito de maneira digital através da tela OLED, podendo configurar de forma simples e prática a maneira como o controle responde às ações do jogador.

A tela de OLED (Organic Light Emitting Diode) facilita a configuração do joystick e possibilita a reorganização das funções dos botões extras, ajuste da sensibilidade dos dois botões analógicos e criação de perfis. Todas as informações de modificações das preferências podem ser vistas na tela de OLED, que fica na parte da frente do controle com uma linha única.

 
Razer-Sabertooth-9

Outra novidade fica por conta da inclusão de um par de “gatilhos” na parte traseira do acessório, cada um deles atuando como dois botões complementares. Além destes, outros botões adicionais ( dois em cada ombro do controle e dois removíveis na parte traseira) podem ser configurados para executarem as funções de qualquer outro botão do controle, facilitando os comandos de ação rápida durante o jogo.

 
Razer-Sabertooth-10

Os botões do Razer Sabertooth tem uma profundidade mais curta ao serem pressionados, para que jogadores profissionais possam disparar mais vezes em um curto espaço de tempo. Essa característica é ideal para quem joga FPS, mas pode atrapalhar principalmente em jogos de corrida e futebol, por exemplo. Seus direcionais não comprometem a jogabilidade, mas são mais “firmes” do que o controle original que acompanha o Xbox 360. Já as alavancas foram bem construídas, mas ainda sim removê-las gera um maior conforto na hora de jogar.

 
Razer-Sabertooth-10

O resultado dessa proposta que a Razer trouxe para o Sabertooth é um produto que oferece uma ergonomia muito ajustada, não só para os gamers casuais, mas para os avançados. Talvez os jogadores mais exigentes possam sentir falta de recursos mais avançados, ou de um controle com suporte ao modo sem fio. De qualquer forma, o fato é que o Razer Sabertooth é um controle que oferece recursos que otimizam a sua performance nos games.

 

Destaques

Os principais destaques do periférico ficam por conta das novidades que esta versão atualizada traz; dois botões na parte traseira e dois gatilhos na parte inferior que aumentam o número de botões que você poderá utilizar durante suas jogatinas.

Já a tela OLED é outra novidade que a Razer trouxe. Com um visor em linha única, você poderá ajustar diversas regulagens do controle como perfis e até sensibilidade dos controles de forma digital. Uma praticidade no visual que lhe permite configurar com mais precisão e certeza seu controle de acordo com suas características.

O periférico também vem com um cabo de 3 metros, muito útil para jogar longe do videogame ou computador, além dele ser totalmente destacável do controle; além disto, conta com uma case que permite ao jogador armazenar e transportá-lo sem se preocupar com a possibilidade de arranhar ou danificar algum componente.

E por fim os botões direcionais digitais que passam a agir de maneira individual e aparecem de maneira mais espaçada é algo que a Razer procurou melhorar com o feedback dos seus clientes. Ponto positivo para a empresa que também disponibiliza no kit do produto, duas borrachas verdes para cobrir os botões analógicos, permitindo personalizar o controle e torná-lo mais “gamer” com um novo visual.

 

Poderia ser melhor

Assim como acontece no Razer Onza, o Sabertooth permite que você atribua aos botões extras do joystick funções pré-programadas. Embora torne esse processo mais simples do que em sua versão anterior devido à sua pequena tela OLED, que mostra com exatidão as mudanças que estão sendo realizadas, o dispositivo mantém limitações que impedem explorar todo o potencial dessa característica.

Como todas as configurações são feitas interagindo diretamente com o joystick, na prática isso significa que os botões extras do dispositivo simplesmente replicam as funções feitas por botões pré-existentes. Ou seja, a não ser que você realmente precise que o botão B esteja localizado em um gatilho, dificilmente verá a necessidade de usar o sistema de personalização — limitação que poderia ser resolvida facilmente, ao menos no PC, com o auxílio do software Synapse (que a fabricante usa para permitir mudanças nas funções de seus mouses e teclados).

Outro fator que pode incomodar alguns, é a adição de botões adicionais na parte inferior na qual o posicionamento dos gatilhos traseiros se mostra bastante incômoda em determinados jogos. Felizmente, essa peça pode ser removida facilmente, permitindo que você use o controle em uma configuração mais próxima àquela oferecida pela opção padrão do Xbox 360.

Entretanto, o maior incômodo deste controle da Razer é o fato dele ter fio, em plena era wireless. Sem dúvida o fio incomoda muito quando você está acostumado a jogar “sem ficar preso” ao console ou PC. O uso do fio só se justifica por ter uma resposta mais rápida dos comandos do jogador, diferença que somente os jogadores profissionais poderiam sentir.

 

A grande pergunta: Vale a pena?

Levando em consideração o preço (entre R$ 400,00 e R$ 450,00), o Razer Sabertooth é mais recomendado para aquele jogador mais hardcore e competitivo que quer investir num equipamento que pode fazer a diferença em campeonatos de videogames, ou ainda, para aquele gamer que quer ter um equipamento exclusivo que poucas pessoas comprariam. E, mesmo o dispositivo sendo melhor do que a opção padrão da Microsoft, a diferença de preço entre as duas versões torna difícil escolher pelo produto da Razer, mesmo com a qualidade superior que o produto apresenta.

No fator durabilidade, o produto aparenta ter boa qualidade e não demonstra se gastar com facilidade; todavia tivemos somente duas semanas de testes com o produto, o que nos impossibilita de avaliar o quão durável é o produto.

Por fim, o Razer Sabertooth é um excelente produto para quem busca um acessório que proporciona um pouco mais de performance na hora de jogar; como um periférico de elevada qualidade de construção e funcionamento, o produto pode ser uma ótima escolha para usuários hardcores e profissionais dedicados a games competitivos. Assim a Razer mantém a tradição em oferecer acessórios para games com sua marca registrada: performance e uma qualidade final excelente.

 

Galeria de Fotos

 


Joystick Razer Sabertooth
7.5 Nossa Nota
Nota do Leitor - (0 votes)
Dê sua nota aqui
Prós
- Revestimento emborrachado
- Botões iluminados
- Tela OLED que facilita a personalização
- Customização através de perfis
- Botões adicionais
- Gatilhos adicionais removíveis
Contras
- Custo x benefício
- Controle com fio
- Funções pré-programadas pouco úteis
Design, material e acabamento 9
Conforto 9
Desempenho e funcionalidades 7
Custo x Benefício 5
Design, material e acabamento 0
Conforto 0
Desempenho e funcionalidades 0
Custo x Benefício 0


APROVEITE: SHOPPING

ONDE COMPRAR


R$ 515,90


Consulte


R$ 599,90


R$ 629,90


R$ 599,90

* Os preços informados acima podem ser alterados pelos anunciantes sem aviso prévio

OUTRAS OFERTAS

 




Você ainda pode aproveitar: